top of page
Search

FIESP TRAZ O FUTURO DA ARTE COM A CHEGADA DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL.

Reportagem: Caroline Rossetto


 

A sociedade passou por transformações e evoluções através dos séculos. Em um determinado momento o uso excessivo de tecnologias, se tornou prejudicial para a nossa saúde mental e agora, com a chegada da inteligência artificial, a tendência é ficarmos cada vez mais conectados com diversos mundos solitários. Através desse viés, a FIESP apresenta a mostra “ METADATA - O MUNDO INVISÍVEL”.

 

A exposição, que busca um diálogo entre a arte e a tecnologia, transcende todos os limites, fazendo o público refletir e ter várias interpretações. Com isso, seu objetivo é desmistificar o domínio escondido em dados e fatos históricos e apresenta um formato com objetos geométricos flutuantes e hipnóticos, despertando a curiosidade, estimulando a criatividade e em como podemos melhorar o nosso relacionamento com a inteligência artificial.

 

A estudante Gabriela Carrara, nos contou o que achou da exposição:

 

“Gostei muito da exposição porque parece uma coisa simples, mas quando você fica olhando por mais de cinco minutos, você começa a pensar. Estranhamente você começa a pensar. Parece que eu estou dentro de alguma coisa e desperta sensações que eu achei que não despertaria por ser uma coisa muito simples. A inteligência artificial está tomando esse papel, eu acho. E vai se tornar uma das coisas mais importantes que tem e literalmente, pode mudar toda uma perspectiva. Tudo é uma questão de perspectiva. Me senti dentro de alguma coisa que para mim era e para ela não era. É estranhamente bom. Isso facilita e assusta ", diz ela.

 

Segundo o curador da exposição, Antônio Curti, os desenhos apresentam um raio-X “esquelético” da cidade de São Paulo e que molda o público a ser participante das obras.

 

A exposição vai até dia 10 de março de 2024. A FIESP está localizada na Avenida Paulista, 1313. A entrada é gratuita e os horários de funcionamento são de terças-feiras aos domingos: das 10h00 às 20h00.




A Central de Notícias da Rádio Tucuruvi é uma iniciativa do Projeto Mônica: a garotinha empoderada faz 60 anos”. Este projeto foi realizado com o apoio da 7ª Edição do Programa Municipal de Fomento ao Serviço de Radiodifusão Comunitária Para a Cidade de São Paulo.

Os conteúdos ditos pelos entrevistados não refletem a opinião da emissora.

 

Comments


bottom of page