top of page
Search

O que fez o dia 1º de abril ser o Dia da Mentira

O Dia da Mentira, celebrado em 1º de abril, tem uma história envolta em mistério e lendas, sem uma origem definitivamente estabelecida. Uma das teorias mais difundidas remonta ao século XVI, quando a França adotou o calendário gregoriano sob o reinado de Carlos IX. Antes dessa mudança, o Ano Novo era celebrado no final de março, coincidindo com o equinócio da primavera, e durava até o início de abril. Com a introdução do novo calendário, o Ano Novo foi oficialmente movido para 1º de janeiro. No entanto, muitas pessoas continuaram a celebrar o Ano Novo em 1º de abril, ignorando a mudança. Esses tradicionalistas foram ridicularizados e alvo de brincadeiras por aqueles que adotaram o novo calendário. Convites falsos para festas e presentes enganosos eram comuns, criando um clima de diversão e deboche. Com o tempo, essa prática se espalhou para outros países europeus, tornando-se uma tradição amplamente reconhecida.

 

Outra teoria sugere que o Dia da Mentira pode ter raízes em festivais pagãos que celebram a chegada da primavera. Nessas celebrações, as pessoas costumavam participar de brincadeiras e trocar truques uns com os outros como parte das festividades.

 

No entanto, é importante notar que a origem exata do Dia da Mentira ainda é motivo de debate entre historiadores e estudiosos. Algumas culturas têm tradições semelhantes em diferentes momentos do ano, e a prática de pregar peças e contar mentiras de forma lúdica é uma constante ao longo da história humana.

 

Independentemente de sua origem específica, o Dia da Mentira se tornou uma data popular em muitos países ao redor do mundo, onde as pessoas aproveitam para pregar peças, contar piadas e compartilhar histórias enganosas, tudo em espírito de diversão e brincadeira. É uma ocasião para desfrutar da leveza e do humor, lembrando-nos de não levar a vida tão a sério o tempo todo.




A Central de Notícias da Rádio Tucuruvi é uma iniciativa do Projeto Mônica: a garotinha empoderada faz 60 anos”. Este projeto foi realizado com o apoio da 7ª Edição do Programa Municipal de Fomento ao Serviço de Radiodifusão Comunitária Para a Cidade de São Paulo.

Os conteúdos ditos pelos entrevistados não refletem a opinião da emissora.

Kommentare


bottom of page